A foto…

Final de agosto de 2009: visita inspetorial do Reitor-Mor P. Pascual Chavez Villanueva! Era minha primeira chance de estar perto do Reitor-Mor, de falar com ele, pois quando veio pela primeira vez na Inspetoria Salesiana do Nordeste, em 2002,  poucos meses após sua eleição, eu era uma jovem da Articulação da Juventude Salesiana que num teve muita oportunidade de “chegar perto”, apenas o vi. Já em 2009, como funcionária da Inspetoria Salesiana,  acompanhei toda visita, quase todas as atividades..foi bem cansativo, mas recompensador. Cada vez mais me encantava por suas palavras, sua inteligência,  seu modo de falar e de ser. Aquele tipo de confirmação de quando você conhece um autor que você admira e de fato acredita que foi ele que escreveu aquilo tudo e poderia escrever muito mais. A diferença é só que nó agregamos elementos relacionado à nossa fé, nossas crenças, nossas esperanças. Mas eu queria uma foto com sozinha com ele (né?)… eu tirava foto dele com todo mundo, mas nunca conseguia ‘paz’ para tirar uma foto com ele (ossos do oficio), mas seu pedi  ( “doppo”…). Sempre atencioso, educado.. assim como os demais ( P. Natale, P. Bregolim e P. Juan José Bartolomé… ), ele não esqueceu!

Então, neste dia, que já era um dos últimos de sua estada em Recife, ele foi jantar na residência da Casa inspetorial, enquanto eu continuei trabalhando, para descarrImagemegar aquivos, atualizar o blog, digitar algumas anotações, carregar máquina para o dia seguinte, estas coisas.. por volta das 19h/ 19h30 estava finalizando tudo, bolsa arrumada ( e já sem esperanças de conseguir a foto), eis que entra o P. Pascual na minha sala e diz “Jakeline, a foto”… imagina minha alegria, né? O ruim é só que foi de noite e com o flash na cara eu sempre saio assustada ( foram duas, mas nesta Don Pascual ficou mais bonito, rsrsr…). Mas não importa, o gesto dele marcou mais que a imagem.

Já a segunda oportunidade de vê-lo, de acompanhá-lo, foi a JMJ em julho de 2013. Obviamente minha admiração e carinho pelo IX sucessor de Dom Bosco continuaram iguais.. ou maiores. E continuará pelo salesiano mexicano P. Pascual Chávez Villanueva.

Porque, como coloca o P. Filiberto Gonzalez (outro salesiano e mexicano por quem eu também tenho um carinho e uma admiração muito grande), a gente comunica mais pelo que é do que pelo que diz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s