Comunicação e evangelização na era digital

Bispos brasileiros participam de curso de comunicação
Imagem
Entre os dias 04 e 08 de novembro, cerca de 50 bispos participaram do segundo Curso de Comunicação para bispos, realizado na Casa de Encontros ‘Colônia Salesiana’, localizada em Jaboatão do Guararapes, região metropolitana de Recife.
Com a temática “Comunicação e evangelização na era digital: uma abordagem teórico-prática”, o curso teve a finalidade de oferecer aos bispos a possibilidade de refletir e debater sobre a comunicação e os desafios da evangelização nos novos contextos culturais, gerados pelas novas tecnologias.
Promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em parceria com a Arquidiocese de Olinda e Recife, o evento é uma iniciativa do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais (PCCS).  Sobre este último, Dom Dimas Lara Barbosa, presidente da Comissão episcopal para Comunicação da CNBB, fez questão de destacar: “o curso tem um apoio muito grande  e é uma insistência do próprio Pontifício Conselho para a Comunicação, na pessoa de Dom Claudio Maria Celli, que não só fez questão de estar presente, como também supervisionou a elaboração da pauta e ajudou na busca de recursos, para que sobretudo os bispos de regiões menos favorecidas pudessem participar sem prejuízos.”
Segundo a Ir. Elide Fogolari, assessora da mesma comissão, a escolha da região nordeste para realização do curso foi justamente um pedido do Dom Celli (presidente do PCCS). Dentre as arquidioceses que se ofereceram para sede – Salvador, Fortaleza e Recife – a da capital pernambucana acabou levando vantagem na escolha, após a indicação da Colônia Salesiana como possível local, feita pelo P. Luciano Brito, responsável pela Pascom arquidiocesana.  “Foi possível realizar todas atividades porque a estrutura favoreceu. Todos participantes estão sensibilizados. O acolhimento e a disponibilidade de todo mundo, desde o diretor até a pessoa que limpa o chão, foi nota dez”, afirmou a Ir. Elide.
O P. Clovis Andrade,  assessor da Rede de Informática da Igreja no Brasil (RIIBRA), e também um dos organizadores do encontro,  até avaliou o que seria considerado um problema como algo muito positivo “a dificuldade com o sinal do celular foi bom, de alguma forma favoreceu a concentração dos bispos e a melhor participação”.
A abertura do evento contou com a presença do cardeal Dom Damasceno Assis, presidente da CNBB, que agradeceu aos bispos e da importância deles se colocarem numa atitude de aprendizagem. Já a conferencia inicial foi feita pelo próprio Dom Celli, trazendo a tema geral do encontro.
Nos demais dias, pelo período da manhã, outros conferencistas renomados assumiram a abordagem teórica do curso. Um deles foi  o  Padre Antonio Spadaro, jesuíta diretor da revista Civilitá Catolica, que apresentou o tema ligado a sua especialidade: “Ciberteologia: evangelização e espiritualidade para a comunicação em rede”. ( VEJA ENTREVISTA  link)
Outros nomes importantes foram: Elson Faxina, P. Pedro Gilberto Gomes Moisés Sbardelotto. Todos eles, a partir de suas áreas de estudos e pesquisa, buscaram despertar  nos participantes  a percepção das novas possibilidades de evangelização e fazê-los ir além de uma visão instrumentalista da comunicação, a partir da compreensão da existência de uma nova cultura.
Como o própria temática do encontro propunha, no período da tarde foi realizada  a abordagem ‘prática’ do curso, onde os bispos participaram das oficinas de Media training, de Rádio e de Internet e mídias sociais. Nesta última, além dos facilitadores, contaram com monitores jovens, os ‘nativos digitais’,  para ajuda-los . Dom Dimas, participante da oficina, observou: “Eles mesmos tem partilhado nas mídias sociais como tem sido uma experiência diferente e gratificante de poderem ensinar seus próprios pastores”.  A jovem monitora Mariana Costa, de 18 anos, concorda:  “Foi uma experiência maravilhosa que eu vou levar pra o resto da minha vida, três  dias que eu jamais vou esquecer, já estou sentindo saudade de cada tarde, de cada bispo que passei ajudando e ensinando”.
O último dia do encontro foi reservado para os relatos dos participantes e avaliação. Segundo a assessoria de comunicação da Arquidiocese de Olinda e Recife, que fez toda cobertura  oficial do evento, os bispos deixaram a capital pernambucana levando na bagagem conhecimento e novas ideias para serem implantadas em suas dioceses. O salesiano Dom Antonio Vilar, bispo da diocese de Carceres, no Mato Grosso, compactua desta perspectiva: “Voltando à diocese, será muito importante poder acompanhar melhor a Pascom, que está se iniciando agora”.
Jakeline Lira
Para: Boletim Salesiano Brasil (www.boletimsalesiano.org.br)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s